Livro: A vida é feita de surpresas que a gente nunca espera

01 fevereiro 2021


Eu evoluo constantemente com o conteúdo produzido pela Ana Clara Moniz, jornalista ativista da acessibilidade, representatividade e luta contra o preconceito. É com a Ana, por exemplo, que a gente aprende que incluir não é APENAS colocar as pessoas no mesmo espaço e que todos nós devemos assumir postura anticapacitista


E antes de você clicar em SEGUIR no perfil da Ana no Instagram, continue aqui porque a dica de leitura hoje é “A vida é feita de surpresas que a gente nunca espera”, livro de estreia do escritor Maurício Moniz, que, entre inúmeras características, é pai da Ana. Na apresentação do livro o Maurício se descreve como uma pessoa inquieta, sensível, intuitiva e bem humorada. Aí eu pensei “será que é mesmo?”. E foi com um texto honesto, emocionante e que pulsa sinceridade, que ele provou ser tudo isso mesmo. 


Em “A vida é feita de surpresas que a gente nunca espera”, o escritor Maurício Moniz reivindica que o leitor enxergue a realidade com mais carinho e empatia. 


A obra retrata os desafios que uma família precisa enfrentar no cotidiano e também a história de amor envolvida na criação da única filha (a querida Ana), que foi diagnosticada com AME (Atrofia Muscular Espinhal) – uma doença rara, genética e neuromuscular


A história é inspiradora porque fala da vida real de maneira crua, sem atalhos. A família tem momentos de angústia, incertezas e tensão? Sim, tem, mas também coleciona diversas situações de alegria, conquistas, evolução e amor.


O texto do Maurício é leve e traz as emoções na dose certa. No momento em que o escritor “fala” sério, o leitor percebe. E quando é o momento de sorrir, as palavras também trazem isso. 


Eu li em dois dias. É um livro que ensina sobre AME de maneira didática e faz alerta importante sobre como as famílias precisam de acompanhamento médico de qualidade e uma rede de apoio que dê respaldo nos momentos necessários. 


Recomendo a leitura. Se você é professor, por favor, leve esse livro para a sala de aula. As crianças e os jovens precisam consumir conteúdo sobre a vida real. Afinal, contos de fadas são legais também, mas precisamos de outras narrativas para evoluirmos como seres humanos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.