Destaques


Por Hidaiana Rosa •
11 novembro 2018

Agenda, planner ou bullet: o que escolher para se organizar?

Ser organizado é uma meta que consta na lista de desejos de muitas pessoas a cada começo de ano. Afinal, a sensação de tarefas cumpridas e sonhos realizados é muito gratificante. Eu já fiz um texto aqui no Blog da Hida explicando como organizar o dia a dia, mas você já refletiu sobre qual é o método mais eficaz para ter controle dos seus planejamentos

Depois que os planners e bullet journals ganharam popularidade no Brasil, parece que as agendas comuns ficaram sem graça, mas saiba que cada recurso possui uma característica e pode te ajudar a tirar os objetivos do papel.

Ausência de clareza prejudica a organização. Foto: Kaboompics

Para você que quer uma agenda

Com estrutura que lembra um livro, porém delimitada com os dias do calendário, a agenda é um recurso eficaz para pessoas que querem administrar as tarefas do dia a dia dentro de um tempo determinado. 

Utilizar uma agenda no cotidiano é muito simples, já que requer apenas que a pessoa anote as atividades em ordem cronológica, com uma sequência de horários e dias. Além disso, o método em si já vem pronto, bastando apenas registrar as informações que desejar. 

O legal da agenda é que a pessoa também pode decorar com adesivos e blocos de anotações como os post-its.

Se você tem uma rotina mais definida, com tarefas e horários que costumam se repetir, a agenda é um recurso viável. 

Para você que quer um planner

Planner é uma palavra em inglês que significa planejador. Diferentemente da agenda, que organiza as tarefas diárias, o planner engloba o controle de tudo que envolve a vida da pessoa como, por exemplo, rotina de trabalho, finanças, metas, novos projetos, anotações, viagens e o que mais for necessário para que os objetivos se concretizem. 

O planner incentiva a traçar metas para que a organização flua. No blog A.Craft tem um texto que revela como usar o planner para se organizar.


Embora exija um caderno, o Bullet Journal é na verdade uma metodologia criada por um designer e autor chamado Ryder Carroll. Diagnosticado com dificuldades de aprendizagem no início da vida, Carroll foi forçado a descobrir alternativas para ser focado e produtivo

Para iniciar este método de organização, basicamente a pessoa vai precisar de caderno e caneta. No bullet, todas as tarefas diárias são anotadas de forma rápida e direta, num formato de listas. Nesse tipo de organização, o próprio usuário define como será o layout que vai mostrar visualmente o seu dia, semana e mês. 

Existem pessoas que gostam de decorar o bullet e também há aquelas que curtem deixar as páginas mais limpas. E o bacana desse método é justamente isso: ser livre para criar e se adaptar de acordo com a sua rotina e objetivos. 

Controlar o passado, organizar o presente e planejar o futuro. É dessa forma que Ryder Carroll define o recurso e faz um passo a passo que ensina o que é bullet journal e como adotar este método

A Bruna Guimarães também produziu um guia para iniciantes explicando como usar o bullet.


Comentários via Facebook

2 Comentários:

  1. Amiga, só consegui me dar bem com o bullet.
    Justamente por causa da liberdade de criar e estimular a criatividade. <3
    Acho o planner prático e ideal para quem não quer perder tempo, mas eu não consegui me adaptar hauhauhuahuahuahauh

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clayci! Tudo bem?
      Eu admiro pessoas que sabem criar e se organizar com bullet e planner. Acho métodos tão lindos.
      Mas eu amo a velha e boa agenda hahahaha

      Excluir

siga no instagram hidaianarosa
subir

Blogger © Blog da Hida

Referência: pipdig.co • Desenvolvido com por iunique