Início Sobre contato anuncie recomendo

[Parceria] Geração Editorial

Quando eu estava na faculdade, um professor disse a seguinte frase para a turma: "vocês são o que leem, portanto busquem materiais de qualidade". Concordo com a afirmação dele e acredito que devemos sempre entrar em contato com coisas que façam a nossa mente evoluir. Prometi para mim que 2016 seria um ano de descobertas e aprendizados e ontem recebi a grata notícia de que o blog foi selecionado como parceiro da Geração, editora criada em agosto de 1992 na Bienal do Livro de São Paulo. Estou muito feliz com essa parceria porque tenho certeza que por intermédio dela vou conseguir abordar conteúdo interessante e trazer resenhas legais aqui para o blog.


Além das literaturas brasileira e estrangeira, a Geração publica títulos sobre economia, história, ciência e filosofia. No catálogo também é possível encontrar biografias, livros infantis e juvenis, romances e denúncias. Em 2010 a Geração Editorial comprou a editora Jardim dos Livros, que publica obras sobre negócios, estratégia, autoajuda e literatura popular, ampliando assim o acervo oferecido aos leitores.

Clique AQUI e conheça o site da editora. Também é possível seguir pelo Facebook (/geracaoeditorial), Twitter (@geracaobooks), Instagram (@geracaoeditorial), Google+ (/geracaoeditorial) e YouTube (/geracaoeditorial).


Continue Lendo

Chuvisco de risco



Como seria um desenho sobre a sua música favorita? E se você pegasse uma caneta e tentasse colocar no papel o seu atual momento de vida? Como seria essa ilustração? Misturando música, frases de livros, sentimentos e manifestos para uma vida melhor, a ilustradora Belkisse Lemes Alves, de 28 anos, mantém o Chuvisco de risco, perfil no Instagram que reúne ilustrações inspiradoras sobre temas diversificados.

Formada em Artes Visuais e Arquitetura e Urbanismo, a Bel tem o objetivo de formar uma corrente do bem por intermédio dos desenhos. "O Chuvisco começou de maneira despretensiosa. Eu falava de coisas minhas, músicas e textos que faziam parte da minha rotina. Com o passar do tempo e um alcance inesperado de pessoas, eu pensei que informar seria uma espécie de corrente do bem, que eu deveria fazer ao falar do que acredito", conta a ilustradora.

O primeiro desenho produzido para o projeto Chuvisco de risco, relembra Bel, foi feito em uma agenda de trabalho. "Eu fiz pensando em uma música do Cícero Rosa Lins. Meu computador na empresa vivia travando devido a um projeto complexo que estava desenvolvendo. Nesse tempo de 'travamento', para me livrar do tédio, escutava música. E quando chegou em uma das faixas do disco, pensei 'Essa música daria um desenho'. Abri a agenda e fiz. E assim começou um vício sem fim", afirma.



E, segundo a artista, a inspiração para fazer os desenhos surge em muitos momentos. "Dos meus conflitos pessoais, do meu coração, das canções que escuto, das maravilhas que leio por aí, das pessoas incríveis que conheço, do meu trabalho, minha família, da natureza, da observação", exemplifica Bel.

O nome para o projeto, inclusive, surgiu sobre essas observações da vida. "Me lembro que eu havia acabado de mudar de trabalho, estava ansiosa e dirigindo meu carro num dia de chuva. Quando parei no semáforo, pensei na frase 'É tanto sentimento que chuvisco um risco para explicar o que há por dentro'. E logo me veio: Chuvisco de Risco. Eu estava em busca de um nome para um Instagram só com os desenhos, já que eu postava todos em meu Instagram pessoal e vários amigos falavam para eu criar um apenas com as ilustrações", diz Bel.

Muito mais que compartilhar ilustrações e inspirações, Bel quer evoluir e aprender constantemente. "A vantagem de compartilhar tudo isso [no Instagram] é uma felicidade gigante que dá essa troca. Eu costumo dizer que sou outra pessoa depois do Chuvisco. Todo dia quero ser melhor, quero evoluir, pensar de maneira coletiva. Quando alguém se identifica com algum desenho e diz 'Nossa, como é bom ler isso. Você alegrou a minha manhã', ela alegra a minha manhã também. E aí seguimos nessa troca infinita", destaca a jovem artista. 

Para acompanhar o trabalho da Bel é só seguir o perfil @chuviscoderisco no Instagram e curtir a página do Chuvisco AQUI no Facebook. 




Continue Lendo
© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.