Início Sobre contato anuncie recomendo

Barbeiro corta cabelo de morador de rua de graça


Existem muitas possibilidades de ajudar quem necessita e, em alguns casos, doar um pouco de tempo pode ser um gesto generoso. Foi pensando nisso que o barbeiro Alan Melo, de 25 anos, decidiu utilizar o talento com as tesouras para aumentar a autoestima de moradores de rua em Campinas

Toda terça-feira o jovem sai da Vila União e vai ao Centro para cortar gratuitamente o cabelo de aproximadamente 60 pessoas que vivem nas ruas. O projeto é realizado em parceria com os barbeiros Matheus Pereira e Homer Lima.

No começo os moradores de rua ficaram assustados. Eles achavam que iríamos cobrar ou simplesmente raspar a cabeça deles. Mas depois eles tiveram confiança. Eles escolhem o corte e a gente faz, relata Melo ao explicar que realiza o projeto desde o ano passado e já beneficiou mais de 700 moradores de rua.

Alan Melo corta cabelo de Bruno Pereira da Silva / Foto: Luciano Claudino/Código 19

Além de cortar cabelo, o barbeiro conta que a atividade ajuda no desenvolvimento social. Conversamos com eles e eles relatam os sonhos, as saudades e como é difícil viver nas ruas. Para nós tudo isso é muito gratificante porque aprendemos muito com eles, afirma o barbeiro.

Há 10 anos vivendo nas ruas, Silvio da Silva Júnior, 28, diz que gosta do projeto criado por Melo. É uma oportunidade muito importante para nós. Não temos condições de pagar e isso nos ajuda, esclarece.

Eu já cortei bastante o meu cabelo com eles. É legal porque tem a troca de ideias. É divertido, conta Bruno Pereira da Silva, 32, que mora na rua há 15 anos.

Na avaliação da psicóloga Crislaine Lacerda, gestos de voluntariado instigam o olhar para o próximo. Desenvolver uma atividade voluntária faz bem para quem produz e para quem recebe. É uma troca do bem. Doar o tempo é o desenvolvimento constante de enxergar o outro como eu me enxergo. Numa sociedade que vive cada vez mais com pressa, isso é fundamental, explica a especialista.

De acordo com balanço da prefeitura, Campinas tem 623 pessoas que vivem em situação de rua.

4 comentários:

  1. Oi Hida!
    Que lindo esse projeto. Se todo mundo ajudasse um pouquinho, de alguma forma, o mundo seria muito melhor.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sora! Tudo bem?
      Pois é, o mundo precisa de mais projetos inspiradores. Obrigada pela participação no blog :)

      Excluir
  2. São notícias assim que me ajudam na motivação, sabia?
    Encontrar pessoas com projetos maravilhosos, visando apenas o bem e não o reconhecimento por isso me inspiram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clayci, que fofo o seu comentário. O projeto de fato traz muita inspiração. Beijo pra você!

      Excluir

Hey! Obrigada pela visita :) O seu comentário é muito importante para mim!

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.