Início Sobre contato anuncie recomendo

Celular: vilão ou aliado?

Seja para realizar e receber telefonemas ou até mesmo efetuar transações bancárias, o celular tornou-se o melhor companheiro do homem moderno. Contudo, de acordo com estudo realizado pela Deloitte – entidade de auditoria e consultoria empresarial –, o uso excessivo dos smartphones pode prejudicar a segurança e a vida conjugal das pessoas.

Por intermédio de pesquisa virtual, a Deloitte ouviu 53 mil usuários de smartphones em 31 países. No Brasil, o estudo contou com a participação de 2.005 pessoas com idades entre 18 e 55 anos. Entre os resultados verificados no cenário brasileiro, 15% dos respondentes disseram que já atravessaram a rua mexendo no celular. O risco para a segurança do usuário vai mais longe porque 12% disseram que já dirigiram interagindo com o smartphone.

Na hora de fazer as refeições, por exemplo, 35% dos participantes brasileiros do estudo contaram que checam o telefone móvel enquanto se alimentam e 30% confirmaram que têm pelo menos uma discussão de casal por semana por causa do excesso de uso do celular.

Especialista recomenda uso moderado do smartphone / Foto: Kaboompics
O coordenador de rádio Giuliano Santos Biondi, 32, faz parte do grupo de pessoas que não vivem sem o celular. “Eu uso todos os dias para coisas pessoais e do trabalho. Um dia fui atravessar a rua e uma bicicleta passou perto de mim e não vi porque estava mexendo no celular. Também já bati o rosto numa placa de rua porque estava entretido com o aparelho. Nesses momentos eu paro e reflito que preciso me controlar, mas na rotina do dia a dia, o celular sempre está comigo”, conta Biondi.

Na avaliação da psicóloga Rita Amálya Neves, o consumo de tecnologia sempre estará presente na vida das pessoas e junto com esse comportamento existem os fatores negativos e positivos.

“Hoje você consegue resolver uma situação pelo WhatsApp, por exemplo, e sem necessariamente precisar sair da sua casa. Mas o usuário que gosta de tecnologia precisa ter o pé no chão para encarar a vida no modo off-line também. Usar o celular na rua pode tornar a pessoa uma vítima de criminosos. Não se desligar do aparelho também traz prejuízos para os relacionamentos pessoais. Tudo deve ser avaliado”, alerta Rita.

12 comentários:

  1. Adorei o post, super atual e informativo. Eu mudei bastante, depois que percebi que o uso excessivo estava me atrapalhando eu priorizo e me regro bastante. As pessoas precisam perceber que quando faz mal é hora de reavaliar.
    Charme-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone! Tudo bem? Obrigada pela participação.
      Sim, quando faz mal é hora de avaliar mesmo.
      Eu estou me controlando rsrsrsrs

      Excluir
  2. Muito interessante o post, amei, super informativo. Eu não sou muito viciada em tecnologias, teve uma época em que eu era muito viciada no meu tablet, mas ele estragou e agora não tenho celular e nem nada, passo bastante tempo no computador, mas também passo muito tempo do lado de fora.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, eu acho que não conseguiria ficar sem o celular rsrsrsrs

      Excluir
  3. Concordo com a Psicóloga! hauehuaehuahueahuehuhaue
    Adorei o post Hida, muito pertinente nessa era que estamos vivendo.

    Um abraço
    Sherry

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sherry! Tudo bem?
      Pois é, existem até pessoas viciadas em tecnologia rsrsrs

      Excluir
  4. por curiosidade, estava pensando sobre o celular hoje de manhã. como ele pode ser um amor ou um ódio HAHA para a minha pessoa o tal ajuda batsante, checo coisas básicas e acesso a banco etc. mas tem gente que num desgruda, socooorro. sabe, você tá la conversando com a pessoa e ela num tira o olho do celular. acho uó. porém, acho que a tendência é o povo ficar mais viciado :O
    :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi :) Tudo bem?
      Pois é... experimente parar em um lugar movimentado e observar as pessoas. A maioria estará entretida com os smartphones.

      Excluir
  5. adorei o post, muito legal, eu acho que tudo dessa vida tem seu lado bom e ruim, por ex: o celular ele é super útil todos na palma da mão com um toque, porém ele tbm pode ser ruim, muitas pessoas vivem mais na realidade virtual e fica viciada, ou seja é do saber administrar, bjos horasnoespelho.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milene!
      tudo bem?
      Realmente o seu conselho é válido e precisamos administrar.
      Um beijo.

      Excluir
  6. Como blogueira, que usa as redes sociais para se comunicar, acho incrível a facilidade que o smartphone traz para a nossa vida. Entretanto, ficar conectada o tempo todo me deixa um pouco exaurida. É necessário encontrar um meio termo, para que se possa viver bem.
    Gostei do seu artigo.

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
  7. Realmente, o celular pode atrapalhar muito a vida em alguns momentos. Por exemplo, quando tenho textos da faculdade pra ler, já cheguei ao extremo de desligar o Wi-Fi, pra poder sentar na frente do computador e ler o texto sem interferências ou distrações. Eu percebi que fazendo isso, conseguia ler os textos bem mais rápido e entendendo muito mais do que quando fico com o celular sempre do lado, conectada.

    ResponderExcluir

Hey! Obrigada pela visita :) O seu comentário é muito importante para mim!

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.