Início Sobre contato anuncie recomendo

A arte de colecionar

Rodrigo Carvalho coleciona camisetas de times de futebol e tem 1 mil peças / Foto: Denny Césare/Código 19
É comum encontrar pessoas que possuem pelo menos um parente ou amigo que tem ou já teve coleções de papel de carta, marcadores de páginas, álbuns de figurinhas ou tazos (discos temáticos que fizeram sucesso na década de 1990). Segundo o especialista em História e Ciências Sociais Otávio Augusto Figueiredo, colecionar objetos é uma prática que marca a cultura de um povo. “O ser humano só vai atrás daquilo que o identifica. Se você analisar, os museus e as bibliotecas são coleções”, explica Figueiredo.

Fã declarado de Michael Jackson, o locutor Leandro Lopes, 33, costuma garimpar objetos relacionados à carreira do cantor e atualmente tem 400 itens sobre Michael. “Esse material do Michael que eu tenho vale R$ 8 mil. Tenho a discografia completa dos The Jackson 5; as principais revistas de quando o Michael ainda era vivo; bonecos e álbuns do músico”, cita Lopes.

E a coleção dele não para por aí. Além de correr atrás de itens do Michael, o locutor também coleciona discos de vinil. Estimado em R$ 15 mil, o acervo de Lopes conta com 2,2 mil discos, sendo que 1,2 mil são importados. “O mais legal é garimpar nos sebos e encontrar itens valiosos por apenas R$ 5. Também gosto de visitar lojas de discos em São Paulo. O mais difícil é lidar com a parte financeira porque tem vezes que os vendedores ‘viajam’ nos preços e cobram caro, mas na era da internet é possível encontrar coisas com preços bacanas”, afirma.

Leandro Lopes coleciona objetos do Michael Jackson / Foto: Eduardo Carmim/ Brasil Photo Press/Folhapress

Proprietário de uma banca de jornais e revistas, Alexsander Seixas de Souza, 45, vive em busca de bonecos de heróis como Batman e Os Vingadores. Colecionador desde 2002, Souza tem 300 bonecos que juntos valem R$ 30 mil. “Eles são importados, então os valores acompanham a cotação do dólar”, conta o empresário ao explicar qual é a dificuldade de manter a coleção. Contudo, mesmo tendo que desembolsar altos valores em algumas compras, o acervo traz experiências marcantes.  “Uma vez consegui comprar um boneco do segundo filme da saga O Senhor dos Anéis. Ele veio da Alemanha e depois descobri que ele é de uma edição limitada, que poucas pessoas têm”, comemora.

Democrático, o hábito de colecionar sai do universo cultural e invade o mundo do esporte. Observador técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Rodrigo Carvalho, 35, coleciona camisetas de times desde os 10 anos. Com 1 mil peças, Carvalho se orgulha da qualidade do material. “Todas foram usadas em campo pelos jogadores e a maioria está autografada. Não tenho noção de valor, mas posso dizer que é uma coleção rara e valiosa. O que eu mais gosto é saber que tenho peças históricas do futebol. O prazer de colecionar é ver a sua coleção aumentando”, diz.

Carvalho também conta que já fez loucuras para garantir mais um item para o ‘time das camisetas’. “Uma vez me passei por jornalista, usando máquina fotográfica e mochila, para ter acesso ao vestiário e conseguir uma camisa do Edmundo do Vasco”, confessa.

Alexsander Seixas de Souza coleciona bonecos de heróis /  Foto: Eduardo Carmim/ Brasil Photo Press/Folhapress

10 comentários:

  1. Oi Hida! Preciso confessar: ainda tenho minha coleção de quadrinhos da infância <3 Taí um desapego que não consigo! Tenho ainda vários gibis da Turma da Mônica e do Zé Carioca, sempre curti, espero guardar pra sempre, enquanto o espaço permitir! rs
    Também tenho uma pequena coleção de vinis - herdados e de minha adolescência... Bah, minha casa parece um Sebo kkkkk

    Bjssss,
    Reb

    http://blogpapelpapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genteeee, turma da mônica e zé carioca são bons demais!!!
      <#

      Excluir
  2. Ida, muito legal colecionar coisas. Eu tenho coleção de canecas, é bem pessoal, cada uma com sua importância, mas esses itens que você mostrou são universais! Muito legal.
    Hida... um elogio rápiso, estou adorando seus posts, sempre algo diferente, muito legal mesmo! Parabéns!
    Bjinhos
    JuJu
    www.asbesteirasquemecontam.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juju, fico feliz que esteja gostando dos posts aqui do blog. Você é uma das pessoas que me incentivou a tocar esse projeto da melhor maneira. Obrigada pelo carinho e atenção. Beijinhos ;)

      Excluir
  3. Adorei o post, eu costumava colecionar revistas, sacolas de marca e perfumes, mas hoje parei com isso... hehe
    Adorei saber um pouco mais desses colecionadores.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revistas eu colecionou até hoje. Adoro revistas femininas como a glamour, sabe? Beijos :*

      Excluir
  4. Que legal, quando era mais nova colecionava figurinhas de animes, tinha muitassss, mas com o passar do tempo passou a vontade, mas nossa, colecionar camisetas usadas, será que o cheiro é suportável kkk
    pequenatagarela.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHA Não sei se o cheiro é suportável rsrsrs E nem me toquei de fazer essa pergunta para o Rodrigo :)
      Você é demais! HAHAHAHA

      Excluir

Hey! Obrigada pela visita :) O seu comentário é muito importante para mim!

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.