Início Sobre contato anuncie recomendo

Faça amor, não faça jogo

Criador do blog The love code e autor do livro "Faça amor, não faça jogo" (Editora Gutenberg), o publicitário Ique Carvalho deu entrevista para mim e contou um pouco sobre o trabalho que produz. A entrevista foi publicada no Metro Jornal Campinas e reproduzo aqui no blog. Aguardo opinião nos comentários. Quem aí já leu o livro do Ique?

O livro “Faça amor, não faça jogo” surgiu após o sucesso do seu blog. Sobre o que era a sua página virtual?
Eu criei o blog em 2010 e na época eu era solteiro. Então a página falava do meu fracasso com as mulheres. Eu postava sobre as minhas tentativas de relacionamento que não davam certo porque as pessoas sempre fazem jogos com a gente. E quando eu pensava que os relacionamentos iriam dar alguma coisa, acabavam não virando nada. As pessoas começaram a ler os textos e se identificaram com os casos que eu contava. O blog tinha seguidores, mas ainda não era um sucesso. No fim, comecei a namorar e parei com a página porque já não saía mais em busca de relacionamentos. Foi então que o blog ficou sem novos textos por um ano.

Mas depois você decidiu retomar o blog, certo? Como ele ganhou fama?
Depois que eu comecei a namorar, passou um certo tempo e descobri que meu pai tinha uma doença muito grave. Na mesma semana que descobri a doença, a minha namorada terminou comigo e eu fiquei muito triste. Foi aí que voltei a escrever no blog e escrevi o texto “Faça amor, não faça jogo”, que agora virou livro, e a página estourou. O blog, que antes tinha aproximadamente 700 seguidores, passou para 140 mil seguidores. Fiquei muito feliz e notei que o meu trabalho tinha uma missão.

Qual missão?
Tem a proposta de ajudar as pessoas. Tem gente que me escreve contando que se aproximou da família e dos amigos por causa de um texto meu. Pessoas que estavam brigadas e depois se uniram novamente.

Todas as suas histórias são verdadeiras?
Digamos que 70% das mensagens que recebo dos leitores possuem essa pergunta. As pessoas questionam se as histórias aconteceram mesmo comigo. Bom, claro que ocorreram. Tudo é verdade, mas é óbvio que eu preciso contar os acontecimentos com as palavras corretas porque eu preciso que as pessoas se interessem pela história. Se eu escrevo literalmente do jeito que ocorre, não chama a atenção. Mas os fatos são sempre verdadeiros.

Tem gente que não acredita no seu romantismo...
Tudo o que eu faço é real. Tem homem que chega e fala “Poxa, cara, você me colocou em uma furada. Minha namorada leu o seu texto e quer que eu seja como você. Como vou fazer essas coisas que você faz?”. Aí eu respondo que tudo o que eu faço é verdadeiro e nada é impossível. Impossível é sair voando, mas levar flores para a namorada, por exemplo, é algo simples, que pode ser feito. Ser carinhoso é algo simples. Para isso você tem que buscar alguém parecido com você. Não acredito nisso de que os opostos se atraem. Você tem que buscar alguém que seja parecido com o seu perfil.

IQUE CARVALHO: nasceu em 1980 em Belo Horizonte (MG). Caçula de três irmãos, sempre foi fascinado por pessoas e suas complexas relações, o que o levou a cursar Psicologia na Universidade Fumec (MG). Após três anos de incertezas, decidiu abandonar o curso depois que uma professora leu um texto seu e disse emocionada: “Você não é psicólogo. É escritor”. Formou-se então em Publicidade e Propaganda na mesma universidade, e trabalhou em algumas agências, até abrir a sua própria, em 2009, onde é diretor de arte. A paixão por escrever o levou a criar um blog em 2010. Em junho de 2013, dois fatos mudaram totalmente os rumos de sua vida e de seu blog: na mesma semana viveu o fim traumático de um relacionamento, seu pai recebeu o diagnóstico de uma doença degenerativa grave e irreversível. Começou a partir daí a contar no blog histórias tocantes sobre a vida, o amor, e sobre seu pai, com as quais milhares de pessoas se identificaram, e em pouco tempo o blog se popularizou, atingindo milhões de visualizações, assim como sua página no Facebook, que já tem mais de 110 mil fãs. Este livro marca sua estreia como autor.
Ique Carvalho / Foto: Divulgação/Editora Gutenberg

Publicado pela editora Gutenberg, o livro FAÇA AMOR, NÃO FAÇA JOGO é vendido por R$ 34,90 / Foto: Divulgação/Edtora Gutenberg

4 comentários:

  1. Oi Hida! Ainda não li esse livro, mas o título sempre me chamou a atenção. Poxa e que história a dele hein? Passar por tudo isso com o pai, e ainda mais depois de perder o apoio de alguém importante... Realmente conseguiu usar os sentimentos de maneira positiva. Parabéns pela entrevista!!!
    Beijo, beijo.
    http://ameninaquenaoparadeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela participação, Regiane :) O trabalho do Ique é demais!

      Excluir
  2. Também não conhecia. Pessoas que passam por essas situações sempre tem algo para nos acrescentar, o sofrimento muda as pessoas e muitas vezes é a chave para grandes projetos que dão certo. Adorei a entrevista,vou procurar o blog dele também.
    bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciana, acesse o blog porque tem textos lindos e sensíveis. Você que gosta de poesias vai ficar inspirada. Beijo :*

      Excluir

Hey! Obrigada pela visita :) O seu comentário é muito importante para mim!

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.