Início Sobre contato anuncie recomendo

Como escolher o hidratante para a pele

Um dos cuidados para evitar o ressecamento e envelhecimento precoce da pele é mantê-la hidratada, especialmente em regiões tão expostas às mudanças do clima como o rosto e os braços. A melhor forma de fazer isso é usar creme que seja eficaz no processo de hidratação da pele, mas o que levar em consideração no momento de escolher um produto? De acordo com Daniela Leal, médica dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Medicina e Estética, a pessoa não pode comprar um produto motivada pelo aroma. “As empresas cosméticas sabem que determinadas fragrâncias atraem mais as consumidoras. Se a usuária não estiver atenta, ela é levada pelo impulso e acaba motivada por comprar pelo cheiro do hidratante”, esclarece a dermatologista.

Quando se fala em hidratante corporal, explica a especialista, é “muito difícil alguém ter pele oleosa nas pernas e nos braços” e essas áreas do corpo necessitam de hidratação diária, principalmente após o banho. Portanto, Daniela recomenda os produtos que discriminam no rótulo que são para pele seca, pois vão garantir maior quantidade de agentes emolientes, fundamentais para a hidratação do corpo.

O preço é outro fator importante que deve ser considerado no momento de escolher os produtos porque cada matéria-prima utilizada na fabricação tem determinado valor. “Sabemos que não existe milagre quando procuramos qualidade, mas valores altos muitas vezes mais definem um nicho de mercado do que qualidade de produto, por isso é importante a orientação de um profissional para a escolha dos cosméticos. Muitas vezes isso gera economia”, alerta Daniela.
Dermatologista Daniela Leal recomenda cuidados ao escolher produtos para pele./ Foto: Divulgação
Os tipos de cremes indicados para cada pele

Segundo a médica dermatologista, é possível definir quatro tipos de pele: oleosa, mista, normal e seca. As peles oleosa e mista são aquelas que “apresentam o desconforto do brilho no rosto e da sensação de gordura ao passar a mão sobre o corpo”. Nesses casos, é necessário usar produtos com pouca quantidade de óleo, mas com presença de componentes que reponham a água na pele. Além disso, conta Daniela, os produtos precisam ter um toque leve e secar após a aplicação. Os tipos mais indicados para essas peles são sérum, loção toque seco e gel-creme.

Para as peles secas, a hidratação deve conter agentes oleosos como manteiga de karité e óleos vegetais. Os produtos mais indicados são aqueles em forma de creme ou emulsão. E quem tem pele normal deve fugir dos produtos como os cremes a base de manteigas e óleos e normalmente a pele se dá bem com os géis-cremes, loções e emulsões.

Ainda de acordo com a especialista, é importante que o usuário fique atento nos produtos que formam a composição dos hidratantes. “Os agentes antioxidantes, como o chá branco e as vitaminas C e E, por exemplo, são bons para qualquer tipo de pele e faixa etária. Outro componente que sempre é bem-vindo nos cosméticos é o ácido hialurônico. O nome ácido pode confundir e assustar, mas ele não se comporta como ácido no organismo e sim como um excelente agente hidratante”, diz a médica.

2 comentários:

  1. Nossa eu já sofri muito devido minha pele oleosa. Dificultava muito a fixação da maquiagem, mas de uns tempos para cá, não sei se por causa dos ácidos ou por estar cuidando melhor da pele, hidratando e limpando corretamente diminuiu bem e hoje acho que minha pele é normal, o que me deixa muito feliz hahaha

    Otimas dicas,

    www.maisfeminice.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana os resultados que você alcançou. Mantenha os cuidados :)

      Excluir

Hey! Obrigada pela visita :) O seu comentário é muito importante para mim!

© Blog da Hida | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.